lunes, 17 de mayo de 2010

Correio Braziliense – Tecnologia – As novas fronteiras da arquitetura

BILBAO, SPAIN - MARCH 07:  *** EXCLUSIVE ACCESS ***  Music legend Mike Oldfield performs during a rehearsal at the Guggenheim Museum on March 7, 2008 in Bilbao, Spain. Oldfield premiered tonight his first ever classical composition, Music of the Spheres,  featuring soprano Hayley Westenra. Oldfield wrote the piece, which will be released on March 17th, with the help of composer Karl Jenkins. Oldfield has recently become a father to a son, Eugene.  (Photo by Jasper Juinen/Getty Images)

As pranchetas começaram a perder espaço quando surgiu o Autocad. Agora, é a vez de o software de desenho começar a ficar para trás, suplantado peloRevit, uma ferramenta que permite a modelagem dos projetos em 3D
Carolina Vicentin
“Mais importante do que a arquitetura é estar ligado ao mundo”, disse, certa vez, Oscar Niemeyer, responsável pelo maior projeto modernista já consolidado. E se o criador de Brasília estiver mesmo certo, os arquitetos precisam estar sempre de olho nos novos recursos da profissão. Softwares e máquinas de prototipagem 3D que já são comuns em escritórios de arquitetura do exterior começam a chegar timidamente a empresas brasileiras. Junto a eles, o adeus ao popular Autocad e uma verdadeira revolução na forma de conceber e executar projetos arquitetônicos.
Tudo começa na hora do esboço. Os programas de desenho que deram lugar às pranchetas na década de 1990 agora oferecem ferramentas específicas para o trabalho do arquiteto. Por incrível que pareça, o Autocad não foi inventado para atender às necessidades dos profissionais do traço; foi apenas adaptado da indústria para os escritório de arquitetura. O software da vez se chama Revit. Fabricado pela mesma empresa do Autocad, o Revit é uma ferramenta de desenho paramétrico em 3D. Isso significa que os arquitetos podem elaborar projetos a partir de padrões armazenados na biblioteca do programa. Podem testar materiais, texturas, tamanhos e configurações de todos os tipos até achar o melhor resultado.
@ErnestoBueno Interview: http://bit.ly/8XpDHI Architecture’s New Frontiers #GenArch (in Portuguese)
Material Oficial (en inglés) de Autodesk en formato *.pdf:
Autocad 2011 autocad_2011_overview_brochure_us
Revit revit_architecture_overview_brochure_us


Visitar un edificio antes de construirlo

Los planos de obra saltan de la mesa a la conquista de la tercera dimensión. Una nueva tecnología permite ver el resultado y detectar fallos antes incluso de levantar los cimientos. FUENTE | La Razón digit@l
La tecnología 3D es un recurso visual tan viejo como el propio cine, que ha interesado a directores y productores con escaso éxito hasta hace muy poco. El desarrollo de nuevas tecnologías de visionado y el indiscutible olfato comercial de directores como James Cameron no sólo han despertado la curiosidad del gran público, también han puesto tan de moda esta técnica que la sala de cine ya no se ve igual sin un auditorio armado con decenas de gafas 3D.
@madrimasd Visitar un edificio antes de construirlo: Los planos de obra saltan de la mesa a la conquista de la tercera dimens… http://bit.ly/bR73Wv